INSA abre seleção com 27 vagas para técnicos, especialistas e pesquisadores na PB

50

Propostas devem ser enviadas até o dia 31 de janeiro. Selecionados vão contribuir com a execução de projetos de pesquisa do PCI. Instituto Nacional do Semirárido (INSA), em Campina Grande, PB
Reprodução/TV Paraíba
Uma seleção para o preenchimento de cargos para técnicos, especialistas e pesquisadores foi aberta na sexta-feira (18) pela Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), do Instituto Nacional do Semiárido (INSA). Ao todo, são ofertadas 27 vagas e os selecionados vão contribuir com a execução de projetos de pesquisa no âmbito do Programa de Capacitação Institucional (PCI).
Os candidatos devem submeter a proposta por meio de preenchimento de formulário disponibilizado pelo Insa e enviá-la até o dia 31 de janeiro para o e-mail pci@insa.gov.br. O resultado da seleção será divulgado no dia 16 de fevereiro.
De acordo com o INSA, a contratação dos profissionais se dará por meio de bolsas PCI e as remunerações variam de R$ 900 a R$ 5.200, com admissão imediata. Há vagas para agrônomos, zootecnistas, agroecólogos, biólogos, médicos veterinários, engenheiros florestais, jornalistas, geógrafos, engenheiros da computação, engenheiros sanitário, químico e ambiental, dentre outros.
A exigência de formação para o preenchimento da maioria dos cargos vai desde a graduação até o doutorado. Ainda segundo o Instituto, os candidatos precisam consultar o Edital da Chamada Pública do dia 1º deste ano e, ao examinar o Programa de Capacitação Institucional (PCI 2019 – 2023) do Insa, conferir a experiência exigida nos cargos e obter informações sobre cada projeto de pesquisa.
Selecionados vão atuar em sete projetos do INSA
Conhecimento, conservação e uso da biodiversidade vegetal do Semiárido brasileiro
Promoção, preservação, conservação e uso sustentável de espécies animais nativas do Semiárido brasileiro
Sistemas de produção de espécies vegetais e animais do Semiárido Brasileiro
Mapeamento, análises e identificação de agroecossistemas resilientes a mudanças climáticas e desertificação no Semiárido brasileiro
Pedohidrologia, mineralogia, microbiologia e dinâmica da matéria orgânica e de metais pesados em solos de referência e sob processos de desertificação no Semiárido Brasileiro
Acesso e Difusão da informação e do conhecimento sobre o Semiárido Brasileiro
Recursos Hídricos no Semiárido Brasileiro