Empresa ilícita não terá mais direito a Refis

22

O governo vai apertar as regras de cobrança da Dívida Ativa da União. O devedor classificado como “contumaz” não poderá usufruir de benefícios fiscais pelo prazo de dez anos, segundo projeto de lei que o governo encaminha nos próximos dias ao Congresso