Santa Casa pede doações para banco de leite após queda no estoque

25

Para doar, basta à mulher estar saudável e apresentar excedente na produção de leite. A coordenação do banco esclarece que não há um número de doações a serem feitas, fica a critério de cada doadora. Com o número abaixo e alarmantes que pode comprometer a qualidade no setor pediátrico da saúde pública em Belém, a Santa Casa de Misericórdia do Pará pede por doações de leite materno. A Santa Casa atende cerca de 170 bebês que precisam consumir diariamente o leite humano, e que correm risco diante da escassez do produto.
Alimento deve ser coletado em potes de vidro pequenos de café ou maionese.
Divulgação
Com o número abaixo e alarmantes que pode comprometer a qualidade no setor pediátrico da saúde pública em Belém, a Santa Casa de Misericória do Pará pede por doações de leite materno. A Santa Casa atende cerca de 170 bebês que precisam consumir diariamente o leite humano, e que correm risco diante da escassez do produto.
Além desses serviços oferecidos para as mães doadoras, a Santa Casa tem uma parceria com o Corpo de Bombeiros, uma equipe do projeto ‘Bombeiros da Vida’, são responsáveis por levar os kits de orientação e fazer a coleta dessas doações nas residências. A coordenação do banco esclarece que não há um número de doações a serem feitas, fica a critério de cada doadora.
Para doar, basta à mulher estar saudável e apresentar excedente na produção de leite. As mães que tiverem interesse podem se cadastrar no site da Santa Casa, no site dos Bombeiros, ou através do telefone 4009-0375. Por meio da parceria com o projeto é possível doar sem sair de casa. Uma equipe vai até a doadora e explica todo o procedimento para as doadoras.