Shakira é intimada a comparecer à justiça espanhola por fraude fiscal

29

O Ministério Público acusa a cantora de não apresentar declaração de renda nos anos 2012, 2013 e 2014. Débitos da colombiana com a receita espanhola somariam 14,5 milhões de euros (R$ 61,6 milhões). Shakira é vista antes do início da final da Copa das Confederações, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em 2013
Nelson ALMEIDA / AFP
A cantora colombiana Shakira foi convocada a comparecer ante um juiz em 12 de junho em Barcelona para responder sobre uma suposta fraude fiscal de 14,5 milhões de euros (R$ 61,6 milhões) em três anos, informou a justiça espanhola.
Shakira foi alvo em dezembro passado de um processo que atribui a ela seis supostos delitos contra a Receita espanhola, segundo auto do tribunal de Esplugues de Llobregat.
O Ministério Público acusa a cantora de não apresentar declaração de renda nos anos 2012, 2013 e 2014, e assim teria deixado de pagar às autoridades tributárias US$ 16,5 milhões.
Segundo o MP, a cantora de 42 anos também não teria pagado seus impostos em 2011, mas esse fato já prescreveu.
Os advogados de Shakira insistem no fato de que a maior parte de sua remuneração até 2014 foi graças a suas turnês internacionais e que não vivia mais que seis meses por ano na Espanha, que é a condição para ser residente fiscal no país.