Pará reduz em 9% número de mortes violentas em 2018

11

A pequena redução põe o Pará entre os 23 Estados do Brasil que reduziram os dados de homicídios, mas divide com o Amazonas e a Paraíba os menores registros de queda. Foram 80 casos a menos. Pará registra 290 mortes violentas em dezembro de 2018.
Reprodução/ Monitor da Violência
O número de mortes violentas caiu no Pará em 2018. Foram 80 casos a menos que em 2017, aproximadamente 9%. A pequena redução põe o Pará entre os 23 Estados do Brasil que reduziram os dados de homicídios, mas divide com o Amazonas e a Paraíba os menores registros de queda. Em 2017, foram 4.043 mortes violentas no Pará; em 2018, esse número caiu para 3.963.
Somente em dezembro de 2018, foram 3,4 casos para cada 100 mil habitantes, um total de 290 mortes violentas no Pará. A segunda menor taxa do ano, que deixou o Estado em sexto lugar no número de homicídio; ficando atrás apenas da Bahia (425), Rio de Janeiro (359), Ceará (328), São Paulo (314) e Pernambuco (307).
Em todo país, uma redução de 13% nesse tipo de crime foi registrada; de 59.128 para 51.589 casos. Apesar da queda, o número de vítimas ainda é alto. São 24,7 mortos a cada 100 mil habitantes.
O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.
PÁGINA ESPECIAL: Mapa mostra mortes violentas no país
ANÁLISE DO NEV: Conseguirão os novos governadores e o presidente da República manter a tendência de queda dos homicídios?
ANÁLISE DO FBSP: Em 2018, Brasil reduz homicídios e mostra que a cooperação pode tirar o país da UTI da segurança pública
METODOLOGIA: Monitor da Violência
Desde o início do ano, jornalistas do G1 espalhados pelo país solicitam os dados via Lei de Acesso à Informação, seguindo o padrão metodológico utilizado pelo Fórum no Anuário Brasileiro de Segurança Pública.
O objetivo é, além de antecipar os dados e possibilitar um diagnóstico em tempo real da violência, cobrar transparência por parte dos governos.
.