Carnaval estilo ‘woodstock’ de SC tem Elza Soares, Tom Zé, Hermeto Pascoal e Pepeu Gomes; veja todo o line-up

19

Lirinha, vocalista do Cordel de Fogo Encantado, fala sobre a expectativa de participar pela 1º vez do Psicodália, que chega a 22ª edição. Elza Soares está entre as atrações principais do Psicodália
Reprodução/Instagram
Por sete dias, milhares de pessoas de todo o país ficam reclusas em uma fazenda no Norte catarinense, em Rio Negrinho, ouvindo expoentes e revelações da música brasileira. Há 22 anos, o “retiro” coincide com o período do carnaval e o samba é substituído pela psicodelia, além da vontade de viver, mesmo que temporariamente, em comunidade. O festival Psicodália começa nesta sexta-feira (1º) e vai até a próxima terça-feira (5).
Para os que buscam a utopia similar ao que pregava o Woodstock, o leque de 49 grupos musicais e cantores não decepciona, nem as atividades ao ar livre. Durante todo o dia, o público pode participar de oficinas e cursos – que vão de cosmologia e astrologia à meditação xamânica -, além de assistir a peças e filmes independentes. O local conta com acampamentos entre espaços de convivência, lago e cachoeira.
Pepeu Gomes também será destaque no festival
Divulgação / Daryan Dornelles
Entre os destaques sonoros deste ano, atrações de peso e tradição do rock, MPB e jazz, como Tom Zé, Pepeu Gomes, Hermeto Pascoal, Azymuth e Hamilton de Holanda. As mulheres artistas são feministas de todas as gerações e de diversos estilos, do pop ao carimbó: Elza Soares, Xênia França, Anelis Assumpção, Letrux, Mulamba e Dona Onete. Os shows começam de manhã e vão até as 5h.
A banda pernambucana Cordel de Fogo Encantado começou oficialmente a carreira no carnaval, em um festival de Recife chamado Rec-Beat, há exatos 20 anos. Este é o primeiro Psicodália deles e, segundo o vocalista Lirinha, a expectativa é de um momento “transformador”.
“Todo mundo comenta de uma experiência diferente, com uma energia de coletividade muito forte, em todas as áreas. Os artistas que se apresentam trazem uma música de resistência, de independência. É uma noite que aguardamos e desejamos levar toda a nossa força”, conta Lirinha.
Vocalista Lirinha, do Cordel do Fogo Encantado, traz o show “O Mar”
Marlon Diego/Divulgação
“O Rec-Beat influenciou os carnavais que podemos chamar de multiculturais, de apresentar outra possibilidade musical. Em 1999, quando a gente tinha chegado do sertão de Pernambuco, Naná Vasconcelos nos procurou lá, no camarim, e depois produziu nosso primeiro disco. O Psicodália traz essa mesma característica de ‘rasgo’ no carnaval, estamos nos reunindo em torno dos nossos sonhos”, completa Lirinha.
O Cordel apresenta no festival o espetáculo do trabalho “Viagem ao Centro da Terra”. Depois de oito anos de pausa do grupo, Lirinha conta e encena novas histórias, com as principais músicas de sucesso.
“É uma apresentação de fronteira, que mistura a música com a poesia e o teatro. É um cenário elaborado pela própria banda, toda mapeada [em técnica mapping, de projeção de luzes]”, explica.
Cantora Xênia França é uma das revelações da música brasileira
Thomas Artuzzi
Veja as atrações por dia
Sexta-feira (1°)
Palco Lunar
20h: Samuca e a Selva
22h: Amaro Freitas
0h: Elza Soares
Palco Guerreiros
2h: Patrulha do Espaço
3h30: Hurtmold
Sábado (2)
Palco Lago
10h: Gali
11h15: As Yiagbás
12h30: Soema Montenegro
Palco Sol
14h: Irmão Victor
16h: Sofia Viola
18h: Tom Zé
Palco Lunar
20h: Xênia França
22h: Cordel do Fogo Encantado
0h: Dona Onete
Palco Guerreiros
2h: Kiko Dinucci
3h30: Bandinha Di Da Dó
Domingo (3)
Palco Lago
10h: Nanan
11h15: Horrorosas Desprezíveis
12h30: Bike
Palco Sol
14h: Gloire Ilonde
16h: Corte
18h: Azymuth
Palco Lunar
20h: Lucinha Turnbull
22h: Pepeu Gomes
0h: Chico Trujillo
Palco Guerreiros
2h: Trabalhos Espaciais Manuais
3h30: Mamamute
Segunda-feira (4)
Palco Lago
10h: Plá
11h15: Diego Perin
12h30: Luiz Gabriel Lopes
Palco Sol
14h: Leo Fressato
16h: Escambau
18h: Anelis Assumpção
Palco Lunar
20h: Jorge Mautner
22h: Hermeto Pascoal
0h: Confraria da Costa
Palco Guerreiros
2h: Abayomy
3h30: Picanha de Chernobyl
Terça-feira (5)
Palco Lago
10h: Banda Nã
11h15: Cao Laru
12h30: Ramona and The Red Vipers
Palco Sol
14h: Culto ao Rim
16h: Aiace
18h: Hamilton de Holanda
Palco Lunar
20h: Bacamarte part. Jane Duboc
22h: Mulamba
0h: Letrux
Palco Guerreiros
2h: Tuatha de Danann
3h30: Machete Bom
Ingressos
A partir de R$ 480 (meia-entrada) pelo site Disk Ingressos.
Local: Fazenda Evaristo – Rua Afonso Koehler, 3705 – Rio Negrinho
Classificação: 18 anos
Mais informações: na página do evento
Veja mais informações do carnaval 2019 no G1 SC