PIB de 2018 não foi surpresa, mas frustrou promessa de crescimento maior, dizem economistas

8

Economia brasileira cresceu no mesmo ritmo de 2017, o que mostra que a recuperação segue lenta. O crescimento de 1,1% da economia em 2018 veio dentro das expectativas, mas o resultado frustrou promessas de um avanço mais acelerado feitas 12 meses atrás. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Na última previsão do mercado financeiro, divulgada esta semana, os economistas esperavam um crescimento de 1,21%.
Para a economista e sócia da Tendências Consultoria, Alessandra Ribeiro, apesar de o crescimento não ter surpreendido, foi uma grande frustração em relação às expectativas do início de 2018.
“Houve uma junção de choques que atrapalharam o crescimento, como a greve dos caminhoneiros e a crise de importantes parceiros comerciais, mas os problemas estruturais continuaram freando o avanço”, avalia.
Evolução do PIB ano a ano
Juliane Souza/G1