Corpo de criança de dois anos que morreu em incêndio em Belém é liberado do IML

14

O velório está marcado para 19h em uma igreja evangélica em Canudos e o enterroserá nesta terça em um cemitério de Santa Izabel do Pará. Corpo de Arthur Pontes Coelho, 2, é liberado do IML.
Reprodução / TV Liberal
O corpo de Arthur Pontes Coelho, 2, foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) na tarde desta segunda-feira (4). A criança morreu em um incêndio que atingiu 18 casas da Vila Rica, no bairro de Canudos, em Belém, na última sexta (1º).
O pai da criança, Paulo André Coelho, disse que estava trabalhando quando a vítima dormia no andar de cima da casa e moradores tentavam resgatá-la. A avó, que estava no andar de baixo, ficou ferida e também tentou tirar a criança do local. “Quando cheguei, já não pude fazer mais nada, ele já estava dentro da ambulância, era meu filho único e eu tinha prometido que a gente seria amigo para sempre, agora não sei mais como fazer isso”, contou.
O velório da vítima está marcado para 19h em uma igreja evangélica em Canudos. O enterro, segundo familiares, será nesta terça em um cemitério de Santa Izabel do Pará, na região metropolitana de Belém.
Segundo a Defesa Civil, o incêndio atingiu 25 famílias, deixando 68 pessoas desabrigadas. A Prefeitura de Belém informou que as famílias atingidas que estão cadastradas pela Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) serão beneficiadas com o cheque moradia.
Velório de criança é realizado em igreja evangélica no bairro de Canudos.
Reprodução / TV Liberal
Doações
Voluntários iniciaram uma campanha de doação para ajudar as famílias desabrigadas. Ação tem apoio da Defesa Civil e da Cruz Vermelha para angariar alimentos e utensílios para quem perdeu tudo no incêndio. Os pontos de arrecadação são:
Igreja Assembleia de Deus, 1041, na rua Roso Danin, entre as passagens Eduardo e Tiradentes;
Cruz Vermelha em um shopping que fica na avenida Augusto Montenegro, até quinta-feira,7.